Blog – expolab

Você sabe o que BRAINSTORM?

  Brainstorming é um termo da língua inglesa que significa em português “tempestade de ideias” segundo Baxter (2008, p. 67) afirma que:

 O brainstorming é um termo cunhado por Alex Osborn em 1953, […] brainstorming ou sessão de ‘agitação’ de ideias é realizado em grupo, composto de um líder e cerca de cinco membros regulares e outros cinco convidados. Os membros regulares servem para dar ritmo ao processo e outros cinco convidados podem ser especialistas.

 

  Geralmente utilizada em grupos de grande e médio porte, sendo um mediador responsável para direcionar o foco da ideia e garantir que suas regras e etapas sejam cumpridas. Muitas ideias podem surgir para iniciar um projeto, para melhoramento ou até fechar um projeto.

 A técnica fará que o grupo se reúna e utilize a diversidade de pensamentos e experiências para gerar soluções inovadoras, sugerindo qualquer pensamento ou ideia que vier à mente a respeito do tema tratado. Com isso, espera-se reunir o maior número possível de ideias, visões, propostas e possibilidades que levem a um denominador comum e eficaz para solucionar problemas e entraves que impedem um projeto de seguir adiante

 Durante a  etapa de avaliação das ideias, as regras sobre críticas e julgamentos são ignoradas, pois esse é o momento de avaliar o que foi produzido e enquadrar as realidades de mercado, Somente em uma etapa posterior, são as ideias revisadas, aperfeiçoadas e, a seguir, avaliadas, ocasião em que se escolhem as de maior utilidade para resolver o problema.

 Alguns fatores externos podem provê positivamente a aplicação desse método. Acabam pensando melhor, visando no estímulo e ter a imagem do problema. é recomendável que se tente utilizar sempre a visualização, combinada com a audição e o tato (escrever ou desenhar).

 Isto significa que é sempre possível realizar uma sessão de brainstorming a qualquer altura – e quantas vezes for necessário – sem dinheiro, tempo despendido a organizar um grupo de pessoas. De fato, muitos indivíduos podem encontrar mais criatividade sozinhos do que fazendo parte de um tradicional grupo de brainstorming. Aliás, a liberdade de estar sempre disponível para um brainstorming individual é incrivelmente fácil de atingir.

 

REFERÊNCIA:

BAXTER, Mike. Projeto de produto: Guia prático para o design de novos produtos. São Paulo: Edgard Blucher, 2008.

CURSOS E PROMOÇÕES EXPOLAB
Saiba de nossas próximas turmas: http://www.expolab.com.br/agenda
Conheça todas as áreas que atuamos: http://www.expolab.com.br/areas_cursos
Vagas de emprego e estágio: http://www.expolab.com.br/vagas

DEBORAH FERRE

DEBORAH FERRE