Blog – expoLAB

Mulher nos negócios é sinônimo de resistência

Em 1857 operárias de uma fábrica têxtil foram a luta por reconhecimento. O final dessa história não foram um dos melhores, mas a partir dele houve o desencadeamento de diversos ativismos feministas. Desde então as mulheres foram se movimentando e modificando pouco a pouco a história. Hoje em dia com a dupla jornada de trabalho elas estão ficando cada vez mais fortes e empoderadas.

A mão de obra feminina já está presente no mercado, seja em fábricas, lojas, agências, entre outras atividades. Porém o machismo que corrói boa parte da sociedade, ainda nos dias de hoje, faz com que os homens recebam mais do que as mulheres mesmo exercendo as mesmas tarefas e para completar aquelas que já são mães tem 7% do salário diminuído por número de filho.

Felizmente a saída para muitas atualmente está sendo criar o seu próprio negócio. O empreendedorismo vem sendo uma ferramenta que está ajudando muitas a ousar, se destacar e melhorar o rumo de suas finanças. Entretanto, o meio empreendedor também traz suas dificuldades. O protagonismo no ramo dos negócios ainda é o masculino podendo vim a desencorajar muitas mulheres e isso pode gerar uma certa frustração quanto ao seu potencial.

Contudo, há aquelas que ousam de maneira extraordinária e tem um ótimo reconhecimento. Houve grandes empreendedoras na história nacional e internacional, como Zica Assis, Cleusa Maria e Coco Chanel, por exemplo.

Zica é negra, de cabelo crespo e muito volumoso, que antigamente era empregada doméstica. O seu sonho se iniciou a partir de suas próprias raízes negras, estimulando a desenvolver produtos para cuidar dos fios crespos. Com pouco material ela conquistou a fórmula que queria para um melhor movimento dos cabelos cacheados e volumosos. E então nasceu a Beleza Natural, seu primeiro empreendimento e o primeiro instituto a ser voltado para cabelos crespos e ondulados no território brasileiro.

Cleusa Maria veio de família humilde e começou a trabalhar ainda criança. Assim como Zica, Cleusa também foi empregada doméstica e foram nas casas onde trabalhou que fez os seus primeiros bolos. Desde que notou o seu talento e paixão foi se aproximando em técnicas de confeitaria e depois de um tempo abriu sua primeira loja de bolos no bairro onde residia. Hoje ela tem um total de 265 lojas espalhados por todo Brasil.

E por fim, Coco Chanel que foi a fundadora de uma das maiores lojas de grifes do mundo. A estilista perdeu a mãe muito nova e foi deixada no orfanato pelo seu pai. Na sua vida adulta conheceu o dono de um de um industrial, que lhe ajudou a ter suaprimeira loja. Coco Chanel foi a responsável por criar uma moda elegante, bastante confortável e reconhecida por todo o mundo.

Com tantas histórias inspiradoras é notório que qualquer mulher pode conquistar o que almeija, independente de raça ou classe social. O preconceito impregnado dentro do mercado não irá derrubar aquelas que possui tamanha força de vontade e talento. Foi dessa forma que Zica, Cleusa e a Chanel conseguiram empreender de maneira magnífica, sendo exemplo para tantas outras que hoje possuem ou idealizam seu próprio negócio.

Mulher é sinônimo de resistência e a luta pela igualdade é diária. Ao invés de flores as presenteem com o mais sincero reconhecimento, seja pela sua vizinha, ou a dona da pastelaria na esquina da sua casa, pois todas merecem ser emponderadas.

 

CURSOS E PROMOÇÕES EXPOLAB
Saiba de nossas próximas turmas: http://www.expolab.com.br/agenda
Conheça todas as áreas que atuamos: http://www.expolab.com.br/areas_cursos
Vagas de emprego e estágio: http://www.expolab.com.br/vagas

 

LUIZA PAIVA