Blog – expoLAB

O modo fotografia no mundo dos Games

A fotografia está em todo lugar. Com o surgimento de dispositivos móveis, estamos acostumados a carregar câmeras poderosas literalmente em nossos bolsos, a qualquer hora, em qualquer lugar, portanto tiramos fotos. É difícil lembrar o tempo em que a foto foi limitada a ocasiões especiais, porque os equipamentos, os filmes e o desenvolvimento da tecnologia eram muito caros. Nossos pais também tiraram fotos, mas apenas em ocasiões especiais: fotos de paisagens de férias, comemorações de aniversários, monumentos, momentos especiais. Com a facilidade e o preço baixo da fotografia digital, nossos motivos mudaram: agora, tiramos fotos de coisas comuns, coisas engraçadas, de listas de compras, nuvens, ocorrências cotidianas.

Os Jogos são ambientes de experiências tanto quanto o entretenimento. Não deveria nos surpreender, que o olhar fotográfico para composição e estética puramente visual, encontre uma ampla oportunidade nesses espaços virtuais. Alguns fotógrafos de jogos, começaram a viajar nesses ambientes de jogo para caçar imagens. O mais conhecido e amplamente divulgado destes pioneiros é o Jornalista Duncan Harris, criador do site deadendthrills, onde coloca as suas melhores fotografias feitas em jogos. Seu trabalho é cada vez mais usado profissionalmente pelas empresas de vídeo games, para promover seus produtos. Harris recebeu até uma versão avançada em 2012 do jogo Dishonored, para alimentar a hype e fornecer um vislumbre antecipado do impressionante mundo visual do jogo. Ele já teve clientes como Bathesta, EA, Square Enix, Crytek, Nvidea, Ninja Theory, GearBox, Guerrilla e entre outros.

Fonte:  Dead end thrills, Jogo Dishonored.

A fotografia profissional se resume em 3 pilares: ISO, Velocidade do Obturador, e Abertura do diafragma. Através do ISO, é possível controlar a qualidade da imagem e quantidade de granulação. Utiliza-se a velocidade do obturador para definir o tempo em que a câmera irá captar luz, podemos gerar efeitos de congelamento ou borrar algo que está em movimento. Já a abertura do diafragma, está ligado ao Foco e a Profundidade de Campo, controlando a quantidade de luz recebida.

Já faz alguns anos em que os jogos estão vindo com seu próprio modo de fotografia incorporado, ainda que não apontem os mesmo termos técnicos que a fotografia profissional, é possível ajustar ângulo da câmera, zoom, granulação, profundidade de campo, brilho, exposição, filtro, moldura e outros artifícios. A seguir veja alguns jogos com excelentes modos fotográficos, e suas funções:

Vamos começar com quem ganhou o prêmio de melhor jogo do ano de 2017, The Legend of Zelda: Breath of the Wild. Este jogo tem poucas opções no seu modo fotografia, sendo capaz de ajustar apenas o zoom da câmera, alternar entre autorretrato ou paisagem, e escolher poses para seu personagem realizar. Veja abaixo a imagem do jogo com o modo fotografia ligado.

Continuando com mais um jogo da Nintendo, temos o Super Mario Odyssey. Este jogo permite mover o ângulo e a posição da câmera, o zoom, trocar a posição do logo do jogo, e utilizar 19 filtros como o Blur, Blur 2x, Sepia, Black e White, Sharpen, Smear, Fish-Eye lens, Hypecolor, Silhouette, Cartoon, Illustration,  Oil Painting, Perncil Sketch, Line Drawing, NES, SNES, Game Boy, Coin, e Neon. Veja abaixo a imagem do jogo com o modo fotografia ligado.

O jogo Batman: Arkham Knight, no seu modo de fotografia é possível  controlar o zoom, ângulo e posição da câmera, profundidade de campo, brilho e exposição, moldura, ajuste da logo do jogo, e e 10 filtros, Crusader, The Knight, Noir, Fear, Cold, Killing Joke, Poison, Film, Robin, Toxic. Veja abaixo a imagem do jogo com o modo fotografia ligado.

Por fim, o jogo Horizon Zero Dawn, tem seu modo de fotografia um pouco mais aguçado e apresenta ícones que podem ser encontrado em câmeras profissionais. como a abertura do diafragma capaz de controlar a profundidade de campo, também é possível controlar o zoom, ângulo e posição da câmera, brilho e exposição, tem a divisória para utilizar regra dos terços, moldura, ajuste da logo do jogo, hora do dia, poses do personagem e diversos filtros. Veja abaixo a imagem do jogo com o modo fotografia ligado.

A pesar do modo fotografia não ter por completo as funções de uma câmera profissional, ele se tornou importante, ganhando cada vez mais espaço, e é mais uma maneira de se divertir nos games. Esses foram os jogos em que mais gostei em tirar fotografias, e se você também passa mais tempo criando fotografias de suas aventuras do que jogando, fica esperto, crie um portfólio com suas melhores imagens, quem sabe algum dia você também passe a ser um fotografo de games como o Ducan Harris.

 

CURSOS E PROMOÇÕES EXPOLAB

Saiba de nossas próximas turmas: http://www.expolab.com.br/agenda

Conheça todas as áreas que atuamos: http://www.expolab.com.br/areas_cursos

Vagas de emprego e estágio: http://www.expolab.com.br/vagas

Rennan Raffaele

Rennan Raffaele

Professor Universitário, possui Mestrado em Game Design pela UBI Portugal, formado em Jogos Digitais pela Unicap, e Mestre Pokemon nas horas vagas. Dedica parte do tempo salvando Hyrule e catando Korok seeds, com sua nova paixão chamada Nintendo Switch.