Blog – expoLAB

Nintendo Switch – Entenda como acabou o paraíso de compras digitais da África do Sul

O Nintendo Switch tem seu sistema de compra de jogos sem trava de região, o que permite qualquer usuário trocar a região de sua conta quando quiser para acessar a loja da Nintendo chamada de EShop. Isso permite que os usuários comprem jogos em mídia digital com os preços definidos pelos países, e é uma excelente notícia para nós brasileiros, pois ainda não foi lançado por completo a Eshop Brasileira.

Ainda não entendeu? Então vamos fazer uma simulação. Se quisermos comprar o jogo Mario kart 8, ele custa 59,99 Dólares Americanos, que convertendo esse valor mais taxas é igual a 235,94 Reais, agora se mudássemos a região dessa conta para a África do Sul, o valor é 669.00 Rands, que convertendo esse valor mais taxas é igual a 210,18 Reais. Veja a tabela abaixo para entender melhor.

Fonte: SaveCoins.me

Desde o Lançamento da Eshop da África do Sul, o valor dos jogos não é apenas barato para os brasileiros, mas sim para o resto do mundo inteiro, o que fez com que essa informação se popularizasse em sites bastante conhecidos como o Reddit. Outro fator bastante estrondoso foi a plataforma SaveCoin.Me, desenvolvida pelo brasileiro Stephann Vasconcelos, onde o intuito era ajudar os usuários do Nintendo Switch a encontrar preços mais baratos dentre todas as Regiões onde a Eshop funciona, além de ter acesso rápido a informações, como jogos que entraram em promoção, quais foram lançados recentemente ou quando estão para ser lançados. Hoje essa plataforma, ajuda usuários do mundo todo e vive apenas de doações, vamos lá ajudar!

A África do Sul se tornou o paraíso dos jogos mais baratos do Nintendo Switch, e os usuários do mundo todo ficaram a par disso. Até mesmo os próprios Africanos ficaram contentes pois segundo o colunista Dawid Venter do site SAGamer, os jogos chegam no país a preços bastante elevados, não importando a plataforma, e pela primeira vez isso não aconteceu, graças a Nintendo.

No dia 01 de abril, a Nintendo Eshop da África do Sul parou de funcionar, e todos acreditaram que foi pelo congestionamento de usuários, mas na verdade, foi a própria Nintendo que retirou a Eshop Africana do ar, pelo simples motivo do aumento do imposto sobre o valor acrescentado no país, chamado de VAT (Value added tax). No dia 6 de abril, a Nintendo reativou a Eshop da África do Sul, atualizando o VAT que antes era 14% para 15%. Pode não parecer muito, mas esse 1% fez com que a Eshop da Africa do Sul, perdesse seu posto de Eshop mais barata.

Atualmente, o cenário de menores preços de jogos das Eshop ao redor do mundo estão equilibradas, mas com uma pesquisa rápida pelo SaveCoins, é possível notar que a Eshop do Japão, México, Noruega, e Federação Russa, estão no topo dos preços baixos. Mas a pergunta é, até quando? Será que quando a Eshop brasileira for totalmente lançada, será mais barata? Vamos rezar para que seja.

CURSOS E PROMOÇÕES EXPOLAB

Saiba de nossas próximas turmas: http://www.expolab.com.br/agenda

Conheça todas as áreas que atuamos: http://www.expolab.com.br/areas_cursos

Vagas de emprego e estágio: http://www.expolab.com.br/vagas

Rennan Raffaele

Rennan Raffaele

Professor Universitário, possui Mestrado em Game Design pela UBI Portugal, formado em Jogos Digitais pela Unicap, e Mestre Pokemon nas horas vagas. Dedica parte do tempo salvando Hyrule e catando Korok seeds, com sua nova paixão chamada Nintendo Switch.