Blog – expoLAB

Porque não falar sobre Empoderamento?

Antes de citar algumas marcas , que utilizavam como merchandising o machismo e atualmente estão valorizando a mulher e o seu papel na sociedade, devo explicar de onde veio essa palavra tão usada, tão falada, que é o Empoderamento.

Esse termo, Empoderamento, vem de “Empowerment” e foi trazida e traduzida pela primeira vez no Brasil por Paulo Freire, um dos principais educadores brasileiros. Ele dizia que: “Empoderamento é a capacidade de o indivíduo realizar, em si mesmo, as mudanças necessárias para evoluir e se fortalecer”, ou seja, escolher o seu modo de vida sem a pressão da sociedade, viver de acordo com os valores e com as suas crenças, tomar consciência de quem você é, saber o que você precisa e quais as suas decisões, escolher o melhor para você, para a sua vida, para o seu corpo, para a sua casa, para o seu trabalho, em geral, para o mundo, com responsabilidade.

Imagine se alguém fizesse as suas escolhas por você? Seu estilo, sua carreira, suas relações, se não dessem importância para sua voz ativa? Não ligassem paras as suas opiniões e decisões que afetam a sua própria vida? Podemos dizer, que isso ainda é a realidade de muitas mulheres e é por isso que, elas devem ser empoderadas, conquistando mais liberdade, autonomia, influência, determinando o que elas querem e como vai ser realizado.

As mulheres que estão lendo esse texto, devem estar se perguntando “como eu consigo isso ou como posso ser empoderada? ” O primeiro passo é começar a investir em sua educação e capacitação, buscando conhecer os seus direitos e responsabilidades, colocando em primeiro lugar o que você defende e acredita, expressar o que quer e dizer no que está pensando, ter igualdade das oportunidades e direitos, ocupar espaço de poder e decisão, seja em qualquer meio, dentro de um ambiente profissional ou dentro da casa. É ser o que você quiser.

Então, como vivemos em um cenário em que o machismo e o assédio tomou e toma conta do dia a dia de muitas mulheres, elas se reuniram em prol de uma causa: lutar pelos seus direitos, ter a sua voz na sociedade e não ficarem mais caladas e isso resulta em outro termo, a sororidade, que significa: um grupo de várias mulheres se juntando em prol de um único objetivo.

A partir disso, vou mencionar uma marca muito famosa, mas, que já apostou muito no machismo em suas campanhas e teve grandes sucessos de vendas. A coca-cola é uma marca super jovial né? Sempre incentivando o melhor entre as pessoas, mostrando a igualdade, um mundo melhor, porém, se eu disser que durante muito tempo suas propagandas eram completamente machistas? Pensando atualmente, é difícil acreditar, mas, naquele tempo em que nós mulheres só erámos vistas como objetos e donas de casas, os comerciais e propagandas eram aceitos sem nenhuma crítica, até porque as mulheres ainda não sabiam o tamanho dos seus poderes e não trabalhavam a reflexão do pensamento. Então, com o passar do tempo e com essa sede de crescer e querer ser você(ela) na sociedade, muitas marcas perceberam que estavam perdendo dinheiro porque as mulheres não estava sendo representadas e como nós, mulheres, somos a maior parte da população, não havia esse simbolismo, hoje, várias marcas como natura, itaú, diversas cervejas, além de representarem os seus produtos, o comercial traz mulheres bem resolvidas, todas juntas, com uma sororidade e empoderamento sobre si.

Falar de empoderamento feminino é importante, trazer a mulher como personagem principal, encaixá-la em atividades que antes eram tachadas como inadequada, traz um novo olhar, uma admiração, então, não é apenas apostar, mas, apoiar essa causa e a mulher e ver que esse é um novo conceito no mundo, é aceitar essa transformação que ainda trará muitas novidades e conquistas.

 

“CURSOS E PROMOÇÕES EXPOLAB
Saiba de nossas próximas turmas: ​http://www.expolab.com.br/agenda
Conheça todas as áreas que atuamos: ​http://www.expolab.com.br/areas_cursos
Vagas de emprego e estágio: ​http://www.expolab.com.br/vagas”

RENATA

RENATA