Blog – expoLAB

Fact-checking: a qualificação do debate público

Em 2018, o poder do alcance de uma informação incorreta ou mentirosa se tornou palpável pela primeira vez, no Brasil. Dois anos antes, os Estados Unidos lidaram com uma verdadeira guerra contra a desinformação durante o período das campanhas eleitorais. Ano passado, as notícias falsas também foram agravantes durante a corrida presidencial brasileira. Uma resposta puramente jornalística a isso, foi o florescimento da técnica do fact-checking, ou seja, a verificação dos fatos. Esse tipo de checagem não é recente na história, mas o seu amadurecimento foi tardio no jornalismo brasileiro. Afinal, como funciona esse tipo de apuração?

O fact-checking lida, sobretudo, com o confrontamento de ideias. Confrontar histórias, afirmações e discursos a partir de dados oficiais, confiáveis e passíveis de checagem por qualquer pessoa. Se um deputado afirma que jamais foi acusado de corrupção, existem arquivos judiciais que podem comprovar ou contestar essa afirmação. Ainda assim, o fact checking não é uma faca de dois gumes. Uma informação não segue a relação dicotômica entre o verdadeiro e falso. Ela pode ser retirada de contexto, mal explicada, passível de reinterpretação ou até contraditória. A verificação dos fatos é uma técnica complexa e que depende tanto da disposição de dados como da plena interpretação deles. Os fact-checkers são os soldados da linha de frente na atual batalha contra as notícias falsas. Mesmo assim, a repercussão de um reportagem pautada no fact-checking ainda tende a possuir menos força do que a divulgação massiva de uma notícia falsa ou enviesada. Para contornar isso, vale conferir atentamente os veículos que prezam por uma checagem de qualidade como a Agência Pública e a Lupa, a primeira agência de fact-checking do Brasil.

CURSOS E PROMOÇÕES EXPOLAB

Saiba de nossas próximas turmas: http://www.expolab.com.br/agenda

Conheça todas as áreas que atuamos: http://www.expolab.com.br/areas_cursos

Vagas de emprego e estágio: http://www.expolab.com.br/vagas

Luísa Mainardes

Luísa Mainardes

Luísa é uma estudante de Jornalismo na Universidade Federal do Paraná. Nascida em Joinville, mas com um coração capixaba, ela nunca foi tão curitibana, sucinta que só. Um beijo e um queijo a quem estiver aqui lendo sobre mim.