Blog – expoLAB

Dicas para dar personalidade ao conteúdo da sua marca

É sempre bom encontrar alguma marca que se expressa de maneira autêntica nos meios digitais. Isso acontece, em sua maioria, quando produtores de conteúdos conseguem definir a personalidade das marcas antes de lançá-las ao mercado.

No cenário atual, sabemos que aqueles ideais de missão, visão e valores não são mais fatores determinantes para que uma empresa tenha um diferencial competitivo. É necessário que o branding, gestão da marca de uma empresa que visa torná-la conhecida e querida pelo público, esteja bem definido. Isso além de atrair as personas certas, gera autoridade e traz retorno ao marketing de resultados.

Mas como posso definir essa personalidade?

Apesar de estar em constante amadurecimento, uma marca precisa ter um estilo de personalidade definido, como dito anteriormente. E para chegar até ela, não existe uma única receita, mas, inicialmente, busque responder às seguintes perguntas:

● Se a sua marca fosse uma pessoa, que tipo de personalidade e comportamentos ela
teria?
● Se ela estivesse em uma roda de conversas, como se expressaria?
● Qual a percepção que ela passaria as pessoas?
● Com personalidade já definida, qual tipo de comportamento ela não teria de jeito
nenhum?
● Quais outras marcas se parecem com a ela? Por quê?

Com as respostas em mãos, siga para outro passo importante: a definição da voz da sua marca. Essa voz indica a missão, a razão dela existir, e pode ser definida através de um adjetivo: alegre, sério, adorável, etc. Uma voz definida enriquece a experiência de clientes e Leads e mostra quais valores a marca busca passar para suas personas.

Após identificar a voz, chega a vez de definir o tom de voz, que acrescenta detalhes e é um subitem da voz da marca. Para isso, leve os seguintes pontos em consideração:

● Identifique os canais que sua empresa vai utilizar (redes sociais, site, etc.);
● Trace os conteúdos que serão publicados, exemplo: textos para instagram ou fotos
para facebook;
● Depois disso, construa a persona da sua marca com a voz, tom de voz, linguagem e propósito. Exemplo: simpática, com um tom animado, linguagem simples e divertida com o propósito de vender.

Viu como é possível? Agora é só aplicar as dicas em todos canais de comunicação de sua empresa e criar uma produção de conteúdo própria de sua marca.

Avatar

Roseane Gomes

Jornalista e pós-graduanda em Comunicação Empresarial e Mídias Digitais. Gosto de produzir conteúdo para mídias online e offline; fotografar e revisar texto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *